domingo, 28 de fevereiro de 2010

O (verdadeiro) Espírito Olímpico

Acabou, né? O evento principal sim. Ainda tem a Paraolimpíada, mas essa ainda não recebe um pentelhésimo da atenção que a regular recebe.

E que final, hein? Vi todo o jogo e se fosse o Galvão Bueno, certeza que iria rolar aquele "HAAAAAAAAAAAAAAAAJA CORAÇÃO!!!" Canadá segurando como podia até faltar 24 segundos!!! Isso mesmo... 24 LOOOOOOOOOOOOOOOONGOS segundos pra medalha de ouro e PUF!!! Estados Unidos empatam. AFFF... Meu amigo canadense não acreditava. Esse jogo de hoje foi algo como final de Copa do Mundo com Brasil x Argentina... No mínimo!

Pelo muito pouco que entendo de hóquei, achei que o Canadá ficou esperando a porrada ao invés de tentar botar mais um prego no caixão dos caras. Ficou uma sensação bem parecida com a semifinal contra a Eslováquia, onde os canucks ganhavam de 3x0 e deixaram os caras fazer 2. Aquele final foi terrível, com uma bagunça generalizada de brutamontes se estapeando naquela areazinha azul que quase nem cabe o goleiro. :-)

Enfim, voltando pra hoje, Canadá fez o gol de ouro, o tal do Crosby tem mesmo uma estrela gigante e Vancouver 'tá pintada mais uma vez. O buzinaço e a gritaria vão longe... Sem dúvida foi um encerramento pra canadense nenhum reclamar. Imagina daqui uns meses quando (favorito, sempre!) o Brasil for pra final na África do Sul... Era como 'tava o canadense hoje.

Tirando o lado mercantilista da coisa, não ficaram dúvidas que vale muito sim a pena ter algo dessa natureza na sua vizinhança. Faz muito bem pra Vancouver ser ainda mais invejada e pro Canadá se unir em torno da competição (=hóquei! :-))) ). Situações como essa é que fazem um país ainda mais unido. Ainda mais o Canadá, que como nação se "desfiliou" oficialmente do Reino Unido em 1982... Até um dia desses (1995) o Quebec queria sair fora do barco. Pro "ser canadense" ficar bem consolidado, na minha opinião, acho que pelo menos mais umas 2 gerações. Nós imigrantes temos que abraçar e viver essa ideia. Abandonar "tudo" de onde veio? De jeito nenhum, mas também não é só essa muleta que temos que usar. E isso faz parte do "canadianismo".

Eu fico imaginando a mesma situação no Brasil em 1950... Nação jovem, louca por futebol - nem tanto que nem hoje, eu acho - e uma Copa do Mundo em um pós-guerra pra organizar... Talvez tenha sido ali que o brasileiro sentiu pela primeira vez que teria que embalar aqueles caras dentro das 4 linhas. É piegas pra cac***, eu sei, mas pelos vídeos que a gente vê foi comoção total, principalmente porque o final não foi tão bem como foi pro Canadá hoje. Talvez ali a paixão pelo esporte e pelo Brasil ganhou uma polvilhada de fermento. Vejo o povo reclamando que bandeira e cores do Brasil só em época de Copa, certo? Ainda bem que PELO MENOS nessa época somos incentivados a mostrar pro mundo todo o verde e o amarelo e a cantar que "somos brasileiros com muito orgulho...", né? Ainda bem...

Bonito de verdade ver todo mundo empolgado e trajando "Canadá" pra cima e pra baixo. Não é muito diferente do Brasil na época de Copa não, viu. Você vê aqui mais bandeiras espalhadas pela cidade em tempos não-esportivos, mas como hoje, só o esporte mesmo pra conseguir. Vale a pena sim.Aliás, o time canadense de hóquei "coincidentemente" usa o vermelho e o preto no uniforme. Rererererere... Isso é coisa de campeão!!! ;-) Saudações Rubro-Negras!

2014 é Sochi e Copa no Brasil! Abraços!

6 comentários:

Sheila disse...

O Liam tava vestidinho com roupinha vermelha e maple leaf branca estampada? rsrs

Pensei em você e na sua família ontem, vendo o encerramento dos jogos. Tudo muito lindo!

Beijocas e boa semana.

Ravs disse...

Oie!

A gente assistiu a final do hóquei e do curling e a torcida canadense deu um show a parte. Vibrante e muito emocionante.

Achei espetacularmente interessante os aplausos para os EUA na entrega da medalha de prata (os caras estavam p...rs) mas a galera da torcida prestigiou o talento dos jogadores, especialmente, do Miller. Legal isso!

Os caras do curling, todos sérios, ficaram mega sem graça com as demonstrações de carinho...muito engraçada a cara do Martin...feliz e sem graça.

O encerramento dos jogos tb foi lindo...com direito a nicleback e Alanis (mega comportada). Gostei de ver as tiradas cômicas e irônicas nas apresentações em geral..até com a polícia montada!!! hehehehe (nossa polícia não iria se agradar da piada...eu acho)

Sua cidade fez bonito demais...e que o Rio ouça o conselho do organizador de Vancouver: testar, testar e testar!

Bjos olimpícos para vcs 3!

Ravs

Simone disse...

E aí Pai do Lian! nós ontme saimos apos o jogo e aqui em North Van a galera foi rpa rua com as bandeiras gritar e buzinar e eu que não sou boba, buzinei e gritei tb kakakakaaka, faltou só a bandeira, Just for fun.

Sua vontade disse...

Realmente a atmosfera de domingo foi fantástica. Eu também lembrei do velho Galvão com o seu "Haja coração!"
Ah! Eu também adoro a cor do uniforme, pq me lembra o " sou tricolor de coração, eu sou do time tantas vezes campeão..." São Paulo!


Abração pra vcs e um cheiro no pé do Liam, Neuzinha

Ivelise disse...

Eu AMEIIII as Olimpiadas, que experiencia maravilhosa vcs devem ter tido estando na cidade sede... foi tudo muito lindo, e as imagens de Vancouver soh fizeram aumentar ainda mais a reputacao de cidade maravilhosa. Parabens!!!

E o jogo de hockey, OH MY GOD, nunca entrei tanto no clima de um jogo assim, parecia final do Campeonato Paulista com o timao Corinthians causando desespero no povo, hahaha... GO CANADA, GOOOO!!!

:-)

Anônimo disse...

Se o Galvão tivesse narrando o jogo, além do 'Haaaaaja coração!!!' També ia ter o 'dramáaaaaaaaaaaaaaaaaatico'
Relson