quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Espírito (de porco) Olímpico

(1) Um casal mais o filho aguardam no ponto de ônibus em Downtown para uma pequena viagem até Burnaby. Chega o carro (semi-lotado), as portas se abrem e o motorista usa aquela ferramenta de baixar a frente do ônibus para que o carrinho do neném (meio trambolhudo) possa entrar; nisso, um senhor "encurralado" pela roda do carrinho pergunta à mãe:

- Mas vocês vão pra onde com esse carrinho?
- Vamos até a estação do Sky Train...
- Mas é muito perto, 10 minutos à pé vocês chegam lá. Muito fácil.

A mãe visivelmente com aquela cara de "como assim?" se senta; o pai fica olhando e olhando pra ver se o figura teria mais alguma reação... Eis que três paradas mais tarde - antes de chegar até o Sky Train - o mesmo desce e pega a bicicleta na frente do ônibus. Os pais se olham e dão uma risada. Desce o pano.

(2) Mais uma vez no ônibus, entra um casal paramentado com todos os símbolos olímpicos que têm direito. Um senhor (de novo!) aproveita o silêncio e solta uma boa:

- Ou! Ou!!!

O casal olha.

- Porque é que os ônibus estão demorando tanto? 'Tá demais, né?
- O senhor me desculpe, mas a gente trabalha pro comitê olímpico, responde o rapaz.
- 'Tá, mas vocês poderiam me dar uma explicação?
- Nós não trabalhamos pra Translink, senhor... Nos desculpe mas não temos essa informação, dessa vez a moça se dá o trabalho.
- Mas eu estou vendo vocês aí, cheios de coisas, uniformizados... 'Tá difícil ultimamente ficar esperando tanto pelo transporte...
- Mas 'tá difícil pra todo mundo, não só pro senhor. A gente gostaria, mas não podemos ajudar o senhor com isso, a moça mais uma vez intervem.
- 'Tá... 'Tá... (Bastante irritado!) Vocês fiquem aí então com essa grosseria toda de vocês. Tenham um bom dia!

O casal se olha. O ônibus inteiro olha pros três. O rapaz se irrita. Desce o pano.

(3) Dois jovens visivelmente alterados (cana mesmo) entram na fila do Sky Train (gigantesca!!!) gritando "Go Canada go!!!" e coisas do gênero. Se juntam a um outro que já estava na fila. Conversam alto daqui, gritam de lá, chamando mesmo a atenção, uma beleza! Eis que o mais animado deles começa:

- Cara... Preciso mijar... Vou fazer aqui mesmo, dentro da garrafa.

E repete isso umas três vezes como que pra ganhar coragem para tal. Um deles fica meio olhando de lado, desconcertado, até que o amigo decide ir pra perto da porta com o contêiner... Olha pra um lado, olha pro outro... Enfim, não se viu se ele realmente dá cabo à empreita. De repente, vem o zelador com a cara vermelha, perturbadíssimo, correndo lá de dentro e gritando:

- I see (sic) it!!! I see (sic) it!!! I see (sic) it!!!

O animadinho faz cara de bobo. Os outros dois se olham enquanto o zelador não para de gritar que viu a cena. Dois policiais se aproximam, perguntam pro funcionário o que se passa.

- Eu vi ele pegando a garrafa e mijando lá dentro. I see (sic) it!!! Gritando e apontando pro gajo.

Os policiais pegam o sujeito pelo braço, levam ele pra perto da parede. Nisso os dois amigos vão de embrulho, pagando 1/3 do pato cada um. O engraçadinho perde a graça. A plateia se entreolha. Desce o pano.

P.S.: as traduções foram feitas livremente. Rererererere...

Um comentário:

Ana disse...

Tem de tudo por aqui mesmo! hehehe

E vocês não vão acreditar. Eu conheci a Silvia na segunda e não sabia que era a Silvia! :) O Liam é LINDO, fofo!!!